Natal/ RN - terça-feira, 18 de junho de 2024
(84) 99128-5300

Prefeitura de Natal tem dinheiro para festas e carnaval mas não tem recurso para 1.200 crianças que continuam sem estudar

Publicado em: 22/03/2024 - 6h02
Prefeitura de Natal tem dinheiro para festas e carnaval mas não tem recurso para 1.200 crianças que continuam sem estudar

Milhões de reais são gasto com todo tipo de festas em Natal inclusive carnaval, junina entre outras. Para este setor não falta dinheiro, enquanto mais de 1.200 crianças ficam fora da sala de aulas por falta de vagas nas Cmeis.

A Câmara municipal debateu o assunto, veja materia e o que ficou decidido.

Na manhã desta quinta-feira (21), a Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal de Natal realizou uma audiência para discutir a falta de vagas na educação infantil do município.

A proposição foi da vereadora Júlia Arruda (PCdoB).

A estimativa apresentada indica que mais de 1.200 crianças ficaram fora dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) este ano.

O problema foi analisado com pais, representantes da Defensoria Pública, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), da Federação das Mulheres do Rio Grande do Norte, do Sinte-RN e da Promotoria da Educação e do Ministério Público.

Júlia Arruda, presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, destacou a gravidade da situação. “Não podemos considerar normal que mais de 1.200 crianças fiquem sem creche, e sabemos que esse número é ainda maior. Além de ser um direito da criança, trata-se também de uma questão de emancipação feminina.

Este é um tema urgente que não pode ser ignorado. Ainda não vemos iniciativas concretas do governo municipal para mudar essa realidade,” afirmou.

Um levantamento do TCE sobre o déficit de vagas nos municípios do Rio Grande do Norte foi concluído em 18 de março, confirmando o problema. Após a análise dos dados, a ser concluída até o final de abril, o órgão deverá identificar as áreas críticas e sugerir estratégias para a ampliação de vagas.

Aleson Amaral, diretor de assuntos municipais do TCE, comentou sobre a obrigatoriedade de oferta de vagas. “Com base em uma decisão do Supremo Tribunal Federal em 2022, entendeu-se que os municípios e o Poder Público devem garantir vagas em creches para quem precisa. Não se trata mais apenas de oferecer 50% ou um percentual específico, mas sim de universalizar esse direito.

O Tribunal está examinando como está essa demanda e como as prefeituras estão se preparando para atendê-la,” explicou.

Os pais criticaram o processo de sorteio de vagas implementado pela administração municipal. “O sorteio é um processo que consideramos injusto, pois não atende às necessidades de nossa família nem de outras. Passamos por ele com muita expectativa e não fomos selecionados. Não há garantia de direitos em um sorteio,” lamentou Karolina Soares, mãe e moradora do bairro de Nazaré.

O vereador Daniel Valença (PT), presidente da Comissão de Educação da CMN, também esteve presente na reunião, assim como a vereadora Brisa Bracchi (PT) e a deputada federal Natália Bonavides (PT).

Texto: Phablo Galvão
Foto de capa: Natal em Foco.

Tags: , ,

O que você achou? Siga @natalemfoco no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Cobertura do Natal em Foco Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e do mundo? Siga o Natal em Foco nas Redes Sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!

Comunicado da Redação – Natal em Foco
Site de notícias em Natal, aqui você encontra as últimas notícias da Capital e demais municípios do Rio Grande do Norte. Destaque para seção de empregos e estágios, utilidade pública, publicidade legal e ainda Turismo, Web Rádio, Saúde, política, entretenimento e esportes. Natal em Foco, Online desde 2023, anuncie conosco e tenha certeza de bons negócios.

Siga o Natal em Foco Nas Redes Sociais

Tags:, ,


Desenvolvido por Argo Soluções

:::: PUBLICIDADE :::::

::: Anuncie Conosco - https://natalemfoco.com.br :::