Natal/ RN - quarta-feira, 17 de julho de 2024
(84) 99128-5300

Dia Nacional do Diabetes: incidência da doença aumenta no Brasil, Natal é a capital do Nordeste com maior percentual da doença

Publicado em: 25/06/2024 - 10h06
Dia Nacional do Diabetes: incidência da doença aumenta no Brasil, Natal é a capital do Nordeste com maior percentual da doença

Com índice de 11,8%, Natal é a capital do Nordeste com maior percentual de diabéticos, de acordo com dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2023), do Ministério da Saúde. Veja matéria aqui

Pesquisa mostra que mais de 10% dos brasileiros vive com a doença e maioria tem diagnóstico tipo 2, que pode ser evitado com hábitos alimentares saudáveis

Nesta quarta-feira (26), o Dia Nacional do Diabetes busca conscientizar a população sobre a doença que afeta 10,2% da população brasileira. Os dados são da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel Brasil 2023), que também aponta um aumento em relação a 2021, quando a prevalência era de 9,1%. Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Diabetes, a maioria dos casos (90%) é do tipo 2, onde o corpo desenvolve resistência aos efeitos da insulina. 

De acordo com a nutricionista Larissa Vasconcelos, este tipo de diabetes pode ter causas hereditárias ou estar ligado a hábitos de vida, o que quer dizer que pode ser evitado com uma mudança de hábitos. “A prevenção do diabetes tipo 2 está fortemente relacionada a mudanças no estilo de vida, como uma alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos”, explica a profissional, que é coordenadora do curso de Nutrição da Estácio.

Ainda de acordo com estimativas da SBD, mais de 46% dos brasileiros com diabetes desconhecem sua condição. A profissional destaca a importância do diagnóstico precoce: “identificar o diabetes em sua fase inicial é crucial para evitar complicações graves, como doenças cardiovasculares, a neuropatia diabética que são os danos aos nervos que causam formigamentos e dor; a retinopatia que pode levar ao glaucoma e a cegueira, e em casos mais graves, problemas de fluxo sanguíneo e cicatrização que podem levar à necessidade de amputação”, alerta.  

Diabetes causa 28 amputações por dia

Entre janeiro e agosto de 2023, o Sistema Único de Saúde (SUS) registrou 6.982 amputações de membros inferiores (pernas e pés) causadas por diabetes, uma média de mais de 28 ocorrências por dia. O número vem crescendo ano após ano, conforme os dados do Ministério da Saúde

Em 2022, houve 10.168 amputações, 3,9% a mais que em 2021. A SBD destaca que o diabetes já é a principal causa de amputação não traumática de membros inferiores no país.

Diagnóstico 

A pesquisa Vigitel 2023 aponta que o diagnóstico é mais frequente entre mulheres (11,1%) do que entre homens (9,1%). E conforme a população envelhece, a incidência aumenta significativamente. Entre os adultos com mais de 65 anos, 30,3% são diagnosticados com a doença. Além disso, a escolaridade também influencia esses números: aqueles com menor nível de educação (0 a 8 anos de estudo) têm a maior taxa de diabetes, chegando a 19,4%.

“Esses dados reforçam a necessidade de campanhas educativas e de políticas públicas eficazes para prevenção e controle do diabetes, porque uma população bem informada pode se prevenir contra uma das formas da doença”, afirma a nutricionista Larissa Vasconcelos. Assim, ela explica os tipos de diabetes e orienta sobre práticas que são benéficas e preventivas.

“O diabetes é uma condição crônica que afeta a maneira como o corpo processa o açúcar no sangue (glicose). O tipo 1 é uma condição autoimune em que o sistema imunológico ataca e destrói as células beta do pâncreas, que produzem insulina. Essa não está relacionada ao estilo de vida ou dieta, como é o caso do tipo 2 que é quando o corpo se torna resistente à insulina. Nesse caso, fatores genéticos, excesso de peso, sedentarismo, dieta inadequada e envelhecimento contribuem para o desenvolvimento da doença, que poderia ser evitado”, enumera. 

Além desses, existe o diabetes gestacional, que ocorre durante a gravidez. Independente do caso, a orientação da nutricionista é manter um estilo de vida saudável, com perda de peso se necessário, e prática de exercício regularmente. “E é sempre muito importante o acompanhamento de um profissional da Medicina, da Nutrição e da Educação Física para que o diagnóstico seja correto e o tratamento também”, orienta.

Ascom.

Foto de Capa: Freepick.

Tags: , ,

O que você achou? Siga @natalemfoco no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Cobertura do Natal em Foco Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e do mundo? Siga o Natal em Foco nas Redes Sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!

Comunicado da Redação – Natal em Foco
Site de notícias em Natal, aqui você encontra as últimas notícias da Capital e demais municípios do Rio Grande do Norte. Destaque para seção de empregos e estágios, utilidade pública, publicidade legal e ainda Turismo, Web Rádio, Saúde, política, entretenimento e esportes. Natal em Foco, Online desde 2023, anuncie conosco e tenha certeza de bons negócios.

Siga o Natal em Foco Nas Redes Sociais

Tags:, ,


Desenvolvido por Argo Soluções

:::: PUBLICIDADE :::::

::: Anuncie Conosco - https://natalemfoco.com.br :::