Natal/ RN - terça-feira, 21 de maio de 2024
(84) 99128-5300

MPRN quer que Prefeitura do Natal informe o pagamento das parcelas atrasadas às Aldeias Infantis SOS Brasil

Publicado em: 20/11/2023 - 4h02
MPRN quer que Prefeitura do Natal informe o pagamento das parcelas atrasadas às Aldeias Infantis SOS Brasil

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que a Prefeitura de Natal, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), informe o pagamento das parcelas atrasadas às Aldeias Infantis SOS Brasil.

A instituição, que mantém casas-lares em todo o país, indicou a possibilidade de encerramento das atividades do acolhimento na capital potiguar em razão do atraso do repasse das parcelas.

Na recomendação, o MPRN concede prazo urgente de 10 dias para que seja informado o pagamento.

A 21ª Promotoria de Justiça de Natal também recomendou que a Semtas informe sobre as medidas já adotadas ou em curso para renovação do Termo de Fomento ou para implantação de serviço que substitua adequadamente aquele que hoje é prestado pelas Aldeias, encaminhando a devida documentação comprobatória.

Na recomendação, o MPRN destaca que as Aldeias Infantis SOS Brasil já vem sinalizando dificuldades em seus trabalhos há algum tempo, a exemplo da situação de adolescentes com necessidades individuais específicas e a consequente limitação do ingresso de novos acolhidos, para equilibrar a proporção entre cuidadores e acolhidos.

No dia 11 de novembro passado, as Aldeias Infantis comunicaram ao MPRN o indicativo de encerramento das atividades do acolhimento institucional na modalidade de casa-lar em Natal em razão de três motivos principais: atraso do repasse das parcelas, pagamento do serviço por demanda, e não observância das orientações técnicas.

Em Natal, o Serviço de Acolhimento Institucional para crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos é organizado com três unidades de acolhimento com execução direta (modalidade abrigo), cada uma com capacidade para até 20 acolhidos; e duas unidades de acolhimento com execução indireta (rede conveniada), na modalidade casa-lar, cada uma com capacidade para até 10 acolhidos.

O MPRN destaca que a recomendação tem por objetivo manter o acolhimento de crianças e adolescentes no Município de Natal para que o fim das atividades por parte das Aldeias Infantis SOS não torne caótico o atendimento das crianças e adolescentes.

Ascom.

Foto: Natal em Foco.

Tags: , ,

O que você achou? Siga @natalemfoco no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Cobertura do Natal em Foco Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e do mundo? Siga o Natal em Foco nas Redes Sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!

Comunicado da Redação – Natal em Foco
Site de notícias em Natal, aqui você encontra as últimas notícias da Capital e demais municípios do Rio Grande do Norte. Destaque para seção de empregos e estágios, utilidade pública, publicidade legal e ainda Turismo, Web Rádio, Saúde, política, entretenimento e esportes. Natal em Foco, Online desde 2023, anuncie conosco e tenha certeza de bons negócios.

Siga o Natal em Foco Nas Redes Sociais

Tags:, ,


Desenvolvido por Argo Soluções

:::: PUBLICIDADE :::::

::: Anuncie Conosco - https://natalemfoco.com.br :::